Historia - Camisa 33 - Remo

Loja Barra Brava - Hinchadas de Fúbol Camiseta Barra Brava - Hinchadas de Fúbol Ranking oficial barra brava hinchadas de fútbol Ranking de hinchadas

Historia de la barra brava Camisa 33 y hinchada del club de fútbol Remo de Brasil

A historia da torcida Camisa 33 do Remo, começa assim:

Um Clube sem série causa grandes consequências. No quesito torcedor, qualquer um desanima, desacredita e só resta ficar em casa contando as horas, dias, e até meses pra ver aquele time desde criança que muitas vezes é colocado em primeiro lugar, passando por cima de qualquer outro compromisso ou paixão.

A ideia foi postada no Orkut, na comunidade do Remo com a maior quantidade de torcedores. Em poucas linhas e com alguns vídeos foi mostrado e desejado um 'novo' estilo de torcer, o jeito sul-americano, bem diferente do jeito brasileiro, mas com uma intenção igual: Apoiar o Clube. Rapidamente a ideia foi esquecida, xingada. E até lembrada da antiga tentativa de um outro grupo em 2006 de criar uma torcida nesse estilo.

Os poucos que acreditaram começaram a pensar, não dependeriam da maioria pra criar algo sério na organização como forma de apoiar o Clube do Remo e se divertir, pouco a pouco foi aparecendo o interesse de novos azulinos. Numa tarde chuvosa na capital Belém (08/08/2009) houve uma primeira reunião. A partir disto novas reuniões eram marcadas nas tardes de sábado no próprio estadio Baenão. A cada reunião mais e mais azulinos apareciam e juntos colocavam em prática o surgimento de um novo conceito nas arquibancadas paraenses.

OBJETIVOS:
Mais do que criar uma torcida no estilo sul-americano de torcer, criar novas músicas, levar bandeirolas, faixas (com incentivos aos jogadores, com identificações regionais, homenagens a ídolos e grandes remistas e etc) os principais motivos é de fazer aquele torcedor remista apesar da mal fase não tem deixado de ir ao estádio, é fazer sua parte dentro dele, apoiando, cantando, com sua camisa do clube e sua família.

PENSAMENTOS:
1 - Apoio incondicional ao Clube é sempre bem vindo pelos atletas, não há outro incentivo maior que nós torcedores azulinos podemos dar a eles.
2 - Não somos contra protestos. Nossos protesto são realizados e pensados para serem resolvidos da melhor maneira e que não atrapalhem o trabalho do profissional no Clube, do Presidente ao Roupeiro, do Jogador ao Porteiro. Portanto, em dia de jogos jamais protestar, e sim apoiar.
3 - Não temos uniformes. A única camisa de clube a entrar é do Clube do Remo, não só pelo fator de estética na arquibancada (deixar a arquibancada com apenas nossas cores) mas também pelo fator de respeito, tradição, amor ao Clube (pelo brasil a fora, Arquibancadas com torcedores usando uniforme dos Clubes que não estão jogando, não tem nada a ver com a partida é motivo de chacota).
4 - Não existe mensalidade, nossa forma de arrecadar dinheiro para os nossos materiais é feita por contribuições, e nelas ninguém é obrigado a fazer a sua.

INFORMAÇÕES:

LOCAIS EM DIAS DE JOGOS:
BAENÃO: Arquibancada na Curva do Placar.
MANGUEIRÃO: Arquibancada Central.

Busca

Tags

  • historia
  • Camisa 33
  • Remo
  • barra brava
  • barras bravas
  • hinchada
  • hinchas
  • afición
  • torcida
  • torcida organizada
  • supporters
  • ultras
  • fans
  • claque de apoio
  • fútbol
  • futebol
  • foot-ball
  • calcio