Estadio Barradão

Estadio Barradão

Loja Barra Brava - Hinchadas de Fúbol Camiseta Barra Brava - Hinchadas de Fúbol Ranking oficial barra brava hinchadas de fútbol Ranking de hinchadas

Estadio de fútbol Barradão.

  • Nombre del estadio: Barradão
  • Fecha de inauguración: 11/11/1986
  • Capacidad aproximada: 35.632
  • Localización: Rua Artêmio Valente, 01 - Canabrava, Salvador - BA, 41260-300
  • Ciudad: Salvador
  • País: Brasil
  • Región: América del Sur
  • Clubes que juegan de local en Barradão: Vitória

Estadio Barradão:

O Estádio Manoel Barradas, também conhecido pela alcunha Barradão, é um estádio de futebol localizado em Salvador, no estado da Bahia de propriedade do Esporte Clube Vitória. O equipamento foi erguido sobre um terreno doado pelo então prefeito de Salvador, Clériston Andrade, e contou com o apoio financeiro do governo do estado, na gestão de João Durval Carneiro, cujo sogro, Manoel Barradas, ex-presidente do clube e conselheiro, foi homenageado dando seu nome ao estádio. Sua capacidade máxima é de 35.632 espectadores. Foi a primeira edificação do Complexo Esportivo Benedito Dourado da Luz, o CT rubro-negro.

O público médio da história do estádio é de cerca de 10.000 torcedores por jogo ou mais de 20.000 se considerados apenas públicos em Campeonatos Brasileiros.

Na Série C de 2006, a média de público do Vitória foi de 15.062 pagantes por partida. Já na Série B de 2007, foi de mais de 18.000 pagantes. Na edição de 2008, quase 16.000 pessoas estavam no estádio por partida, enquanto que em 2009, com o aumento do preço dos ingressos, a média caiu para pouco menos de 13.400. Na Série B de 2012, teve uma média de 16.192 pagantes, a maior da competição.

Em 2014, o estádio recebeu algumas reformas estruturais para recepcionar os treinos das seleções da Copa. Foram feitas reformas nos vestiários, com ampliação do número de chuveiros, substituição de piso e esquadrias, além da instalação de um SPA para tratamento dos atletas. O campo do Barradão foi completamente renovado, com novo sistema de irrigação e drenagem e grama que obedece aos padrões estabelecidos pela FIFA, cortada a laser.

História

Custando mais de 46 milhões de cruzados, o estádio foi construído nos anos 1980, na gestão do então presidente José Rocha e em 1986, as obras foram concluídas no estádio. O jogo inaugural ocorreu no dia 11 de novembro daquele ano, quando Vitória e Santos empataram em 1 a 1. O primeiro gol marcado no estádio foi de Dino do Santos. Já sua reinauguração, em 1991, este visando já receber partidas constantes, custou 100 milhões de cruzeiros. A partida reinaugural foi no dia 25 de agosto daquele ano, quando Vitória e Olimpia do Paraguai (que tinha sido campeão da Libertadores do ano anterior) empataram novamente em 1 a 1. O primeiro gol do estádio depois da reinauguração foi marcado por Jorge Campos do Olimpia.

Os maiores recordes de público do estádio (até à data) foi de 51.756 espectadores, estabelecido em 1999, quando o Vitória bateu o time do Atlético Mineiro por 2 a 1. E, em 2000, quando o Vitória sagrou-se Campeão do 1º turno do Baianão daquele ano ao bater o Juazeiro por 2 a 0, o público total foi de 55.200.

Hegemonia

Desde a abertura do estádio em 1986 é usado pelo clube de Salvador. É notável que o estádio foi mesmo o divisor de águas do futebol baiano. Com a sua construção, o rubro-negro baiano assumiu a hegemonia do estado, conquistando mais títulos em duas décadas do que tinha em noventa anos de vida.

Para se ter uma ideia da superioridade do Leão em relação ao seu rival tricolor, o Bahia, nessa época, o time rubro-negro permaneceu invicto em Ba-Vis de 5 de abril de 1998 a 21 de maio de 2006, mais de oito anos de invencibilidade.

Disputando finais em seu estádio, o Leão da Barra tem um aproveitamento impressionante. Nas oportunidades em que o time decidiu o título de alguma competição em sua casa, só sofreu a perda em cinco oportunidades: no Campeonato Baiano de 1998, quando precisava vencer o Bahia por dois gols de diferença e apenas conseguiu um magro 1 a 0, na Copa do Nordeste de 2002, quando empatou por 2 a 2 precisando de uma vitória também por dois gols de diferença, no Campeonato Baiano de 2006, quando perdeu por 4 a 2 do Colo-Colo e cedeu o título para o clube de Ilhéus, na Copa do Brasil de 2010, quando venceu o Santos por 2 a 1, mas não levou a taça porque perdeu o primeiro jogo por 2 a 0 e no Campeonato Baiano de 2011 quando perdeu de virada para o Bahia de Feira. Já o número de conquistas em seu estádio impressiona: nos Campeonatos Baianos de 1995, 1996, 1997, 1999, 2000, 2002, 2003, 2004, 2005, 2008, 2009, 2010, 2013 e na Copa do Nordeste de 2003, o rubro-negro comemorou mais um título na Toca.

Busca

Tags

  • estadio
  • cancha
  • Barradão
  • Salvador
  • Brasil
  • América del Sur
  • barra brava
  • barras bravas
  • hinchada
  • hinchas
  • afición
  • torcida
  • torcida organizada
  • supporters
  • ultras
  • fans
  • claque de apoio
  • fútbol
  • futebol
  • foot-ball
  • calcio